Minha própria arte.
Textos

Minha própria arte.

Eu sempre gostei de tudo que me dá liberdade pra me expressar. Amo desenhar, escrever, pintar, dançar, falar.

Nunca consegui me conter. Se foi engraçado, eu tinha que rir até cansar. Se doeu, tinha que chorar até me acabar. 8 ou 80, intensa demais. Alerta, SOS, perigo.

Sempre escutei que eu me doava muito para todo mundo. E que eu tinha que ter cuidado, porque eu mergulhava sem saber se era profundo – ou se tinha chão. Mas a real é que se eu não fosse assim, eu me sentia sufocada, presa, limitada.

Preciso de espaço. Não espaço físico, espaço para dizer algo. Espaço para respirar fundo. Espaço para sentir o amor, o mais profundo.

Acomodo-me em um apartamento pequeno, mas não fico em vidas “mais ou menos”. Quer minha amizade? Então terá por completo. Quer minha companhia? Então terá 24 horas e 10 minutos, aquele tempinho pra eu ir embora sabe? Quer meu amor? Já dei ele para um menino, junto com as 7 chaves do coração – e o próprio coração.

Eu gosto de ser assim. Confesso que às vezes enche o saco ser aquela que sempre faz tudo pelas pessoas e quase nunca recebe de volta. Mas estou tranquila. Não preciso receber nada de ninguém, a vida vai me dar em dobro. Faça o que ama, ame o que faz – e nunca faltará nada.

Quer saber? Não preciso me conter. Há quem goste, há quem odeie. Há quem ficou um tempo e foi embora sem dizer tchau. Há quem já disse que vai ficar pra sempre. Há quem ainda vai chegar. Vida aeroporto, como eu sempre disse. E tudo bem. Amadureço a cada partida. Valorizo ainda mais cada chegada.

Gosto da liberdade. Então, eu sou a liberdade. Liberdade de ser quem eu quiser. Criar o que eu quiser – na hora que eu quiser. Liberdade de ser um aeroporto aberto – entra se quiser, sai se quiser. Eu sou a liberdade de sentir. De rir. De ir. De vir. De chorar e amar.

8 ou 80. Exagerada. Desenfreada. Desinibida. Só para quem congelou na vida. Pro resto, autêntica.

Sou (quase) minha própria arte.

Texto por: Lauren da Rocha Scomparim.

Fotos retiradas do Tumblr.
Fotos retiradas do Tumblr.
facebookfacebook

sobre a autora

Apaixonada por tudo que faz meu coração vibrar: moda, dança, livros, fotografia, viagens, longboard, arte (em geral), música, céu, mar, sol e lua! Sou uma pessoa de muita fé e de alto astral! Futura estudante de moda, eu quero mostrar o lado “moda como expressão da sociedade”, pois acredito que ela não é só consumismo e regras ditas!